Amor Sapatão



Agosto, mês de luta e resistência sáfica

Mês para ser visível o amor entre mulheres

O amor carinhoso, cuidadoso e intenso

O amor que muitas vezes é fetichizado


Há muitas formas de se amar,

E o amor lésbico é uma delas.

Apesar de muitas vezes ser invisibilizado,

Por não seguir os padrões da sociedade


“Sapatão”, “fancha”, “butch”, “femme”

Não importa a nomenclatura

São todas variedades e formas diferentes de ser

E essa diversidade não cabe no patriarcado


O amor que rompe barreiras e preconceitos,

O amor que rompe com as imposições sociais às mulheres

O amor que deve ser legitimado e reconhecido,



Para ser visto em toda a sua forma e essência.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo