top of page

Até onde o seu racismo vai?


Esse texto está um pouco difícil de começar. Não que seja uma temática que não estamos acostumades a abordar, mas é porque, pela milésima vez esse ano (e se formos contar, não é exagero), vemos o mesmo caminho traçado pelas pessoas brancas.


E para te contextualizar, sim: estamos falando do novo filme da "A Pequena Sereia'', protagonizada por uma atriz negra, que desde o lançamento dela enquanto Ariel, sofre racismo abertamente do mundo inteiro.


Mas aqui vamos falar do Brasil. E vamos falar abertamente para você, pessoa branca.


Que medo é esse de perder o teu protagonismo? Que medo é esse de ver um povo reconstruindo, construindo e recontando suas histórias depois de muito sangue derramado (e que, se você olhar para o lado, continua sendo)?


Que medo é esse de perder o seu lugar, tão estabelecido, na sociedade? Porque você tenta minimizar ou apagar histórias de pessoas negras?


O que você tem a perder com isso?


A imagem importa! Toda uma sociedade é moldada diariamente pela mídia, um exemplo é que da mais recente trend do TikTok sai a música número 1 da semana. Da propaganda nova de margarina, sai a vontade de ir para o mercado comprar.


Se ver é importante! Mas, muitas vezes só percebe a importância quando quem não é representade é você. Em quantos espaços você não se viu? Em quantos espaços você não se vê enquanto maioria?

Se você for uma pessoa branca, hetero e cis: tenho certeza que nunca se questionou quanto a isso.


Quanto mais teremos que lutar para que corpes pretes estejam no topo e sendo protagonistas?


Tem muito mar. E você parece não saber: mas sua cor já foi dona de tudo.


Hoje estamos lutando para que não seja mais.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle
  • Creme e Preto Maquiagem Natural Beleza L
bottom of page