Até onde vai a liberdade de expressão?


Até onde fere a liberdade du outre.


Vemos, de forma crescente, a utilização do direito assegurado por lei de liberdade de expressão se aliando a discursos violentos. Aniquilação de populações, supremacia de gênero, raça, retirada de direitos e demais ações sendo justificadas com: "é o que eu penso".


Mas quando um corpo fere outre, de qual liberdade estamos falando?


Sem juridiquês: lá na bonita constituição também está assegurado que a liberdade de expressão não pode invadir u outre. Então não, você não pode bater em ninguém no metrô por estar usando uma camisa vermelha, nem xingar LGBTQIAP+ e pessoas pretas por não concordarem com a existência delus. Parece tão óbvio dizer isso, né?


Mas estamos vivenciando, desde 2018, um retrocesso grande no que diz respeito à segurança alimentar, física, emocional, psicológica. Em um país em que R$ 100,00 não compra mais do que 10 ítens no mercado (isso se chegar a 10), como viver sem se manter sempre em alerta?


Estamos em ano de eleições. É para lá de importante ler as propostas de todes e, com consciência, pensar em formas de assegurar os direitos de quem você é e de quem você se importa.


Que seu voto não tire a sua liberdade.


#eleicoes #cantobaoba #democracia #voto #eleicoes2022 #saudeintegral #saudemental #liberdade #liberdadedeexpressao


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo