top of page

O afeto é gordo

Como as mulheres gordas são retratadas?


Nas novelas, nos filmes, nas histórias de princesas: a mulher gorda é retratada como a vilã, coadjuvante, preguiçosa, sem valor, à margem. Quando protagonista, cabe a ela emagrecer para que caiba no papel.


Para esse post, por exemplo, gastamos mais de 4 horas procurando imagem de mulheres gordas FELIZES. Já parou para pesquisar "mulheres gordas" no google ou bancos de imagem?


Mas não só isso: tudo que é considerado consequência de ser gordo é abominado. Estrias, celulite, sobra de pele, braços grossos, papada, pochete… é uma infinidade de "defeitos" inaceitáveis. No meio disso tudo, como o afeto é construído para a mulher gorda?


Desassociar a figura de uma pessoa gorda como não saudável é o primeiro ponto. Descolonizar olhares eurocêntricos e compreender que uma pessoa BRASILEIRA é. O que você acha bonito é, de fato, o que você acha bonito?


Ou você também está prese na lógica eurocêntrica e branca, magra, com traços finos, tentando achar nu outre uma perfeição irreal e (isso sim) doentia? Que mais mulheres gordas consigam se amar e encontrar o amor da forma com que elas sonham, não da forma com que são sujeitadas a aceitar.


A mulher gorda ama. E deve ser amada à altura.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle
  • Creme e Preto Maquiagem Natural Beleza L
bottom of page