Como é o processo Psicoterapêutico?

Quando os pacientes chegam na clínica, é comum que sinta que u psicologe sabe de todas as respostas para os problemas. Mas segundo o Sócio e Psicólogo Douglas Felix, é nesse momento em que se dá conta de que a caminhada vai ser longa: "É como se tivéssemos uma bola de cristal, mas que depois u paciente se dá conta de que iremos juntes para lugares que doem, que muitas vezes ainda é desconhecido e que pode ser desconfortável."


E é dessa forma que se fala em esferas da vida. Segundo nossa Psicóloga Parceira Nathália Mello: "Faz parte do processo Psicoterapêutico abordar saúde sexual, relação com o corpo, infância, adolescência e é necessário que a pessoa esteja querendo mesmo passar por esse processo. Sabemos que cada paciente possui um tempo para abordar certos assuntos, mas também sabemos que é necessário que essa fala aconteça para que essa dor seja tratada".


Por isso falamos muito por aqui que a escuta analítica deve ser sensível, pois cada pessoa vai passar por isso de uma forma diferente. É comum também ter a sensação de repetir os assuntos, mas como nossa Psicóloga Nathalia nos disse: "Falar sobre determinado assunto também é falar sobre você, então pode falar e quantas vezes for necessário!".


É importante também que tudo seja alinhado para que o processo psicoterapêutico aconteça. Segundo nossa Psicóloga Parceira Joyce Vito, "costumo perguntar sobre o que essa pessoa acha que é a Psicoterapia, como ela acha que as sessões acontecem e juntamente com isso, alinhando as expectativas de como realmente pode ser esse processo".


Agora que você já sabe como funciona, bora agendar sua sessão?


OBS: Um agradecimento aos nosses Psicologes @dougoie , @nathpsi_travessia e @joycevitoo !

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo