top of page

Pelo menos eu tentei

Tento entender o que é melhor para mim. Se deixar ir é sobre liberdade ou solidão, como dizem os clichês. Estou aprendendo a escolher. Estou aprendendo a sustentar o peso das minhas escolhas também.


Semanas atrás, te perguntei se saber dizer não me minava ou me dava poder. E você não conseguiu me responder. E mesmo se pudesse, sei que não falaria.


Acho que seria melhor mudar a pergunta para:


Como ter possibilidade de escolhas? E o que você quer?


Como nego um emprego que me faz mal, sem que essa não seja a minha única saída? Como nego um relacionamento que me faz mal sem me sentir culpada por isso?


Aprender a dizer não não deveria ser sobre liberdade ou prisão, mas sim possibilidade de escolhas. Comunicar de forma assertiva e respeitosa também é opor minhas vontades.


Nada deveria ser 8 ou 80, né?


No fim, o quanto eu verbalizo?


Sigo errando e acertando como sou, ou me guio por mais uma receita infalível de instagram?


Talvez não seja sobre a possibilidade de negar, mas sobre a possibilidade de poder. E como ter esse poder?


Isso eu já não sei.


3 visualizações0 comentário

Comentarios


  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle
  • Creme e Preto Maquiagem Natural Beleza L
bottom of page