Mulher preta e o mercado de trabalho


Essa postagem foi feita utilizando o estudo "Potências Invisíveis", feita em 2020 pelo @box1824 juntamente com a @indiqueumapreta . A pesquisa tem como objetivo mapear o papel da mulher negra no mercado de trabalho, levantando dados em diferentes métodos que vão de pesquisa de mercado à questionário com 1000 mulheres negras, rodas de conversas, análises internas e projeções futuras.


As mulheres negras são o maior grupo demográfico do Brasil (28%), sabiam? Mas possuem as piores condições de trabalho, chegando a receber apenas 44% do salário de um homem branco. As mulheres negras somam, também, o menor número de contratações para cargos de liderança, com apenas 6,6%! E por mais que sejam mais da metade da força de trabalho brasileira, são cerca de ⅔ da população de "desocupadas" no país.


Mulheres pretas ocupam um dos maiores índices de vulnerabilidades! Isso impacta diretamente em todos os aspectos: mentais, físicos, de renda financeira, autoestima!


Na pesquisa, as instituições abrem caminhos de possibilidades para se pensar em tornar vulnerabilidade em potencialidade. As barreiras descritas também na pesquisa como impasses, escancaram o racismo estrutural e como se intersecciona com a Síndrome da Impostora, mudanças políticas governamentais, retiradas de direitos à educação e a violência de gênero.


E o que tudo isso interfere na saúde mental? T U D O! Falta de dinheiro pode significar desestabilidade financeira, que agrava a saúde emocional e física! Lutar por equidade, sobretudo às mulheres pretas, é lutar por saúde!


Quer ler a pesquisa na íntegra? Clique aqui!


#descriçãodaimagem : fundo branco com textura similar a de papel amassado. Na lateral superior esquerda, há uma forma orgânica em laranja. Na região central e superior da imagem, há o link do autor da imagem utilizada como ilustração e a tag: Psicologia. Na lateral superior direita, há uma imagem orgânica em azul. Centralizado e justificado à esquerda, há o título do texto: Mulher preta e o mercado de trabalho. Na lateral direita ao título, há a imagem de uma mulher. Ela é preta, possui cabelos raspados, veste um macacão na cor de tijolo queimado. O macacão possui mangas curtas. Ela está com uma mão no bolso, outra solta. Ela usa brinco, pulseiras e anéis. Na parte inferior da imagem, há uma forma orgânica em rosa, com uma linha orgânica branca. Na lateral inferior esquerda, há o logo clínico do Canto Baobá, representado pela cor verde.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo