Conhecer sua sexualidade também é cuidado!


Se você já escutou que:

  • Masturbação é sujo e errado

  • Pêlos nas genitálias (e em qualquer lugar do corpo) é sinal de falta de higiene

  • Sexo (e qualquer contato sexual com outra pessoa ou com você mesme) deve ser feito apenas com seu marido


Provavelmente você já foi lida socialmente como mulher em alguma época de sua vida. E a culpa, com muitas referências às religiões que colonizaram e aniquilaram muitos de nós e ao que é dito como moral e de bom costume, fizeram com que você não conheça, ou nem tenha passado em sua cabeça, tocar seu corpo.


Falar que não é errado quando algo já está tão intrínseco, parece ser supérfluo. Mas a verdade é que: conhecer seu corpo vai para além do sexual. É entender como você funciona, o que gosta e o que não gosta. É um ato de autocuidado e conhecimento: deixando específico aqui que é voltado às pessoas que sentem vontade de se conhecer, mas que por algum motivo, se sentem desconfortáveis com o próprio corpo.


Pesquisar sobre formas de autoconhecimento, conversar com amigues, falar sobre sues angústias em psicoterapia são caminhos para que você consiga entender de onde vêm esses sentimentos acerca do toque em si mesme. E procurar lojas que cuidem da saúde sexual também pode ser um caminho.


Se culpar por uma violência social e histórica (privação do próprio conhecimento e do prazer), não deveria fazer parte da vida de tantas pessoas.


Conhecer sua sexualidade (e o porquê de não conseguir acessá-la) também é autocuidado!


#descriçãodaimagem : fundo branco com textura similar a de papel amassado. Na lateral superior esquerdo, há uma forma orgânica em rosa. No centro e acima da postagem, há o link du autora da imagem e a tag: Psicologia. Na lateral superior direita, há duas linhas orgânicas em verde. Centralizado e justificado à direita, há o título da postagem: "Conhecer sua sexualidade também é cuidado!". Ao lado, há uma imagem de uma mão segurando uma laranja. Há formas orgânicas utilizada para interagir com a ilustração. Na lateral inferior esquerda, o logo clínico do Canto Baobá.

#masturbação #masturbaçãofeminina #tabu #sexualidade #prazerfeminino #cantobaoba #saudemental #saudeintegral

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo