top of page

Relembre sua história!

Falamos anteriormente como a nossa saúde mental sofre interferência de fatores externos e como isso pode, consequentemente, afetar a forma como enxergamos a vida e reagimos às situações da rotina, causando problemas como baixa autoestima, dificuldade de socialização e tomada de decisões.


Ao iniciarmos o processo psicoterapêutico, é comum nos depararmos com problemas internos que são fruto de questões externas e que por causar forte impacto no nosso psicológico, nos afasta do bem-estar e qualidade de vida que tanto buscamos.


Muitas vezes, esses fatores estão presentes em tantos lugares e de maneira tão constante que acreditamos que sejam naturais e que precisamos nos adaptar; o que nos impede de refletir sobre eles e cuidar das marcas que deixam em nós. 


Quando falamos sobre saúde mental, precisamos avaliar todo o cenário em que estamos inseridos, nossa condição social, acesso a educação, gênero, raça, orientação sexual e outras.


Por vivermos em sociedade, muitas vezes nossas vivências acontecem a partir da interações com outras pessoas, a medida que essas experiências são cercadas por violências, moldamos nosso comportamento para proteção, seja evitando certas atividades, locais e até mesmo atitudes. 


Perceber que essas violências estruturais não devem ser normalizadas, é o primeiro passo para que possamos descobrir formas de hackear e assim, separar o que é nosso e o que é du outre. 


Lembrando que nada é linear, viu?!

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle
  • Creme e Preto Maquiagem Natural Beleza L
bottom of page